DICA DO DIA

Antes de tudo: Fora Temer!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Blogando...

Tava aqui pensando sobre os termos que usamos na internet. Parece mesmo que a cada dia a gente tem mais preguiça de falar. Começou com a preguiça pra escrever, as insuportáveis abreviações no bate-papo, os termos que só os adolescentes entendiam e que faziam todos que viveram a época da fita K-7 ficar perdido pra K7. (Que bosta!)
A onda agora é criar verbos para resumir a ação virtual. Em vez de "colocar uma foto no facebook", você "facebooka a foto". Ou se quer procurar alguma coisa na rede, você "googa e encontra". O português foi mesmo pro buraco! Não bastassem as inúmeras apropriações de palavras em inglês para o nosso vocabulário, a gente agora escreve em código, resume sentimento em carinhas amarelas e fala em "interneguês".
Verdade seja dita, não tenho opinião formada sobre o assunto. Facebooko minhas fotos, googo minhas dúvidas e adoro quando instagram uma foto em que apareço. O mundo é dos nerds! - já dizia o russo do comercial! - (Tá, eu sei! Ele dizia outra coisa...)
Mas é mesmo tempo de glória para quem senta na primeira cadeira da sala de aula. (será que eles ainda sentam alí?)
Certa vez postei um texto sobre o vício de abrir o facebook várias e várias vezes por dia. Lembrei da época em que a gente fazia o mesmo com a geladeira. Abria só pra pensar. Era um gesto espontâneo diretamente associado ao tédio. Hoje em dia você mata o tédio olhando mais do que o queijo ficando velho e a carne coberta com papel laminado. É possível ver fotos da vida pessoal dos seus colegas de trabalho, ler frases bregas e mensagens de incentivo retiradas de livros de auto ajuda, e ainda "chatear" com alguém no bate-papo.
...
Falando em verbos inventados, não é que esse último vem com uma dose de duplo sentido bem interessante?
:)

Nenhum comentário:

Postar um comentário